Estão para lá de estremecidas as relações entre economistas e Ipea. O instituto negou, pela primeira vez desde 2008, apoio ao seminário anual da Associação Keynesiana Brasileira – presidida por José Luis Oreiroe que tem como patronos nomes como Luiz Carlos Bresser Pereirae Luiz Gonzaga Belluzzo.

A AKB diz ter seguido o mesmo ritual dos anos anteriores: fez pedido de financiamento por meio de um edital do Ipea – negado “por falta de recursos”. “A associação sempre recebeu apoio para seus encontros. Acho muito estranho o fato de que a primeira vez que o financiamento foi negado tenha sido sob a presidência de Marcelo Neri”, disse Oreiro à coluna.

Queda 2

Procurado, o Ipea afirmou que as propostas foram avaliadas segundo sete critérios. “Aquelas com maior pontuação foram financiadas; as demais, não. A proposta da AKB ficou em 47º lugar.”

E mais: “Incentivamos a associação a tentar novamente em 2014, sendo que a banca de avaliadores muda a cada ano”.

Sem Comentários | Comente